Busca

Menus do Site

 

T (11) 5051-4282
 
T (11) 3459-7166
 
T (11) 98901-8230
 
Alameda Jauaperi, 411

Moema, São Paulo

 

Assine a  InfoREVITAL

RECEBA INFORMAÇÕES,

DICAS E PROMOÇÔES SEMANAIS 

EXCLUSIVAS.



Laser CO2 x Laser FRACIONADO CO2

O LASER fracionado é uma técnica relativamente nova, que procura associar o benefício do LASER de CO2, já usado com sucesso no passado com a  finalidade de rejuvenescimento  mas com uma  recuperação mais fácil que é característica desta  técnica. O LASER de CO2 Tradicional é aplicado em uma só sessão e tem ação sobre toda a extensão da pele, enquanto o LASER Fracionado de CO2 age em micropontos, e é aplicado em sessões seriadas, minimizando a recuperação do tratamento mas mantendo bons resultados. 

O LASER de CO2 tradicional  é considerado um LASER ablativo, ou seja, o seu comprimento de onda reconhece como “unidade” a ser acometida, a água, e assim elimina, evapora,  as estruturas da pele que contém água, que está presente em quase todos os tecidos.

O LASER de CO2 tradicional provoca  uma queimadura da pele que posteriormente apresenta a cicatrização á partir dos folículos pilosos e das glândulas sebáceas. 
Após a recuperação a pele  vai apresentar-se nova com a eliminação ou melhora  das lesões de doença dermatológicas e dos  sinais  de envelhecimento que apresentava  anteriormente. Apresenta bons resultados, mas o LASER de CO2 Tradicional  tem uma recuperação lenta , de até  seis semanas após o procedimento, impedindo o paciente de retornar ás suas atividades rapidamente.  Hoje o LASER de CO2 Tradicional é utilizado preferencialmente em lesões localizadas quando se pretende uma ação mais efetiva e radical, mas em uma pequena área, procedimento onde este tipo de  LASER continua sendo muito útil .

O LASER Fracionado surgiu  como uma opção de tratamento com o resultado semelhante aos LASERs  ablativos já descritos, mas sem os efeitos colaterais e o pós- operatório complicados que os Lasers ablativos apresentam.

O LASER de CO2 Fracionado  é utilizado para melhoria  de rugas periorais e periorbitais, rugas finas, envelhecimento facial, fotoenvelhecimento, rugosidade fina da pele, aspereza da pele, cicatrizes de acne fibróticas, estrias, quelóides, manchas provocadas pelo sol (melanose solar, lentigos, e efélides ou sardas) e alguns tumores benignos que comprometem a estética facial.

O príncipio do LASER fracionado é  a criação de “colunas térmicas” (microzonas térmicas) de energia atravessando a pele, deixando entre essas colunas porções de pele não acometida, possibilitando uma cicatrização mais rápida a partir da pele saudável e consequentemente um pós-operatório melhor tolerado. Além do LASER de  CO2 Fracionado , existe também o LASER de Erbium  Fracionado, Fraxel,  que utiliza o mesmo princípio , mas com outro comprimento de onda e outras características .

A Energia  que é emitida  pelo LASER em  colunas, além de agir diretamente sobre a pele doente ou envelhecida   se propaga lateralmente e age mais amplamente sobre o tecido  levando  á um estímulo da produção  de colágeno, uma das estruturas responsáveis pelo “turgor”  e qualidade da  pele.  Quanto maior a energia do laser, maior a profundidade da coluna, assim consegue melhorar  cicatrizes e  rugas mais profundas, difíceis de serem alcançadas por outros métodos.

A recuperação do Laser Fracionado de Gás Carbônico ocorre em aproximadamente 3 dias a uma semana, mas alguns  cuidados são necessários. A pele apresenta uma descamação leve  como se tivesse sido  queimada pelo sol, e permanece um pouco avermelhada  por até 2 semanas. A exposição ao sol deve ser realizada com cuidado e  no dia a  dia é necessário  o uso de protetor solar, pois essa nova pele recuperada e ainda em cicatrização está mais sensível e passível de manchar com maior facilidade.

O Método Fracionado necessita várias sessões para ser efetivo, mas na primeira aplicação já é possível observar resultados .  Entretanto, o LASER Fracionado possue outra interessante vantagem: o equipamento possui além do Laser Fracionado um LASER de CO2 tradicional, que pode ser utilizado seletivamente . Assim, por exemplo podemos utilizar o LASER Fracionado em toda a face, e seletivamente em lesões que se pretende eliminar mais amplamente utilizar o LASER de CO2 Tradicional, Ablativo, conseguindo assim associar os benefícios das duas técnicas.

O LASER fracionado é  uma importante  ferramenta para o rejuvenescimento, devemos no entanto nos lembrar que existem riscos. Não é indicado para todos os tipos de pele e complicações podem surgir.  Uma avaliação cuidadosa por médico habituado com o uso de LASERs é necessária e as expectativas de cada paciente devem ser adaptadas para as reais possibilidades do método, que é muito eficiente, mas não existe milagres.

 Deve ser discutido com o seu médico o resultado esperado, e o que a técnica pode permitir, não criando falsas expectativas. E finalmente o LASER fracionado deve ter a indicação correta e personalizada , pois  cada paciente tem os problemas estéticos que dependem de vários fatores, como tendência genética, exposição solar exagerada sem fotoproteção, envelhecimento  e outros. Para cada doença existe um tipo de tratamento, e o dermatologista deve ser sempre consultado, pois muitas vezes uma mancha, ou uma pinta pode representar uma doença mais grave, como um câncer de pele, que não pode passar desapercebido pelo paciente ou pelo profissional.

 

As vantagens e riscos  de todos os procedimentos realizados sempre devem estar claros para os paciente, para que haja a decisão correta em seu benefício.

 
 

 

 

Tecnologia Site Inteligente Home : Contato : Mapa do Site